ATENÇÃO: Concurso PM SP – Edital publicado com 2.700 vagas para Soldados

A PM SP publicou edital com 2.700 vagas de nível médio. As inscrições iniciam em maio e a primeira etapa de prova será em julho.

Saiba mais sobre o concurso PM SP

As inscrições devem ser realizadas no site da Fundação Vunesp a partir das 10h do dia 3 de maio até às 23h59min de 13 de junho de 2019. A taxa custa R$ 50,00 e deverá ser paga em qualquer agência bancária até o 1º dia útil subsequente ao término das inscrições.

No ato da inscrição o candidato deve optar entre os municípios de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo ou Sorocaba para a realização da prova objetiva.

O concurso PM SP terá validade de 6 meses, a contar da data de sua homologação e poderá, a critério da Administração, ser prorrogado por igual período.

Conheça os requisitos do concurso PM SP

O cargo de Soldado exige idade mínima de 17 e máxima de 30 anos, e altura mínima de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres. Além disso, para posse no cargo será necessário:

  • Ter concluído o ensino médio ou equivalente;
  • Ser habilitado para condução de veículo motorizado entre as categorias “B” e “E”;
  • possuir aptidão física compatível com o exercício do cargo;
  • possuir higidez física e mental;
  • possuir perfil psicológico compatível com o exercício do cargo;
  • estar quite com as obrigações eleitorais;
  • estar quite com as obrigações militares, se do sexo masculino;
  • se militar, estar enquadrado pelo menos no comportamento disciplinar “bom” ou equivalente, e não ter cometido, nos 2 últimos anos, transgressão disciplinar classificada como “grave” ou equivalente;
  • ter boa conduta social, reputação e idoneidade ilibadas;

A remuneração inicial é composto de R$ 1.226,03 de base, mais R$ 1.226,03 por Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e R$ 712,52 de insalubridade, totalizando R$ 3.164,58.

Provas do concurso PM SP

Os candidatos serão avaliados com prova contendo 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de língua portuguesa e interpretação de texto, 14 de matemática, 14 de conhecimentos gerais, 6 de noções básicas de informática e 6 questões de noções de administração pública.

Haverá também uma prova dissertativa, com uma redação, onde deverá ser feita uma dissertação em prosa na norma-padrão da língua portuguesa, a partir da leitura de textos auxiliares, que servem como um referencial para ampliar os argumentos produzidos pelo próprio candidato.

A prova objetiva e a redação terão duração de 4 horas e serão aplicadas no dia 28 de julho, no período da tarde, em horário e local a serem divulgados.

Nas etapas seguintes ocorrem os exames de aptidão física, exames de saúde, exames psicológicos, avaliação da conduta social, da reputação e da idoneidade e análise de documentos.

O candidato nomeado passará por estágio probatório com duração de três anos, onde será verificado a aptidão para a carreira, conduta social, reputação e idoneidade ilibadas, dedicação ao serviço, aproveitamento escolar, perfil psicológico compatível com o cargo, aptidão física adequada, condições adequadas de saúde física e mental e comprometimento com os valores, os deveres éticos e a disciplina policiais militares.

Deixe seu comentário