DICA – Evite seis erros comuns em concurso público:

Muitos candidatos na ansiedade do concurso público acabam cometendo diversos erros ao se prepararem para a prova, como não ler atentamente o edital ou sequer fazer um cronograma de estudos.

Leia abaixo os erros e o que fazer para acertar:

 

1 – Não analisar o edital

O candidato deve ler atentamente o edital de abertura do concurso. Ele contém duas informações imprescindíveis para ajudá-lo no estudo: os conteúdos exigidos em cada matéria e a banca organizadora.

Não adianta você estudar tudo de matemática se o edital exige alguns conteúdos específicos para a prova. Em língua portuguesa, por exemplo, há concursos que pedem fonética. Outros, não. Se você não analisar isso no edital, vai perder tempo estudando matérias desnecessárias.

 

2 – Não fazer um plano de estudos

Não se organizar para estudar de forma adequada é um dos principais erros. O candidato deve estabelecer, em uma agenda ou planilha, um plano de estudo eficaz, dentro do seu tempo disponível. Se você tem cinco horas de estudo por dia, o que fará nessas cinco horas? É preciso otimizar esse tempo e manter a lógica de estabelecer uma meta e cumpri-la.

 

3 – Estudar sem concentração

Nada de estudar ouvindo música, deitado na cama ou em um ambiente barulhento. O ideal é estudar em um local adequado, silencioso, confortável e livre de distrações, como TV ligada, redes sociais e outras pessoas conversando com você.

 

4 – Não repetir exercícios

Não adianta estudar da noite para o dia. É preciso preparar-se gradualmente, de maneira constante e progressiva. Sempre resolva os testes de provas anteriores e trabalhe com a repetição. Ou seja, faça os exercícios até cansar. A repetição é um recurso fundamental para fixar os conteúdos.

 

5 – Deixar a ansiedade atrapalhar seu rendimento

A ansiedade pode afetar mais de 50% do resultado. Não adianta ser a pessoa mais preparada do mundo se tiver um ataque de ansiedade no dia da prova. Não deixe que a ansiedade atrapalhe seu rendimento. Como evitar isso? Descanse e tenha vida social.

 

6 – Pensar em desistir por estar desmotivado

A motivação é um exercício diário. A dica é fazer uma lista com todos os motivos pelos quais você está fazendo aquele concurso e colocá-la na parede do seu local de estudo.

Por que você quer passar no concurso? Quer estabilidade? Dinheiro? Mudar de vida? Quer se livrar do chefe atual? Cada um tem motivos diferentes. Plastifique a lista e deixe-a sempre à vista. Quando você se sentir desmotivado, leia cada item em voz alta. Isso exercita a motivação.

Deixe seu comentário